sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

INTERNAUTAS PLANEJAM AÇÃO SOCIAL CONTRA A DENGUE

Rio Branco concentra mais de 91% das ocorrências no Estado do Acre, e com um agravante de já ter ocorrido 6 óbitos. Nosso índice de infestação predial é de 6,54% e a Organização Mundial da Saúde (OMS) define que números acima de 1% representam risco iminente de epidemia. Preocupados com esses dados internautas acreanos decidem se mobilizar para conscientizar o público sobre a prevenção contra a dengue.
Primeiro os usuários das redes sociais do Acre usaram o Twitter – microblog em 140 caracteres – para coletar donativos, agasalhos, roupas e calçados para instituições carentes de apoio as crianças e idosos. Esse foi o Flash Mob – uma mobilização rápida. O segundo evento foi a Parada Cultural: um dia inteiro de atividades culturais e venda de roupas em um bazar. O dinheiro arrecadado foi repassado em doações para organizações não governamentais.
Agora jornalistas, usuários do Twitter, demais internautas estão se mobilizando para usar seus computadores contra o mosquito da Dengue. A idéia e espalhar informação, conscientização e fazer ações práticas educativas nas comunidades. A luta contra a dengue agora ganha um reforço poderoso: os internautas.
A primeira iniciativa contra o “Aedes Aegypti” surgiu de conversas entre twitteiros e ganhou força na noite desta quinta-feira, 09, durante o programa de rádio Navegantes, apresentado pela jornalista Andréa Zílio, na Rádio Aldeia, quando foi proposto a astag (código de busca na web) e o slogam da campanha: #TodosContraADengue. Em seguida, Adaildo Neto que é webdesigner e também um promotor de iniciativas sociais já pensava na criação de uma avatar [imagem ilustrativa no Twitter] para a campanha. 

Do Vale do Juruá veio o reforço do internauta Crístofer Bruno, que promete espalhar a campanha pela internet em Cruzeiro do Sul. E assim de maneira coletiva a guerra contra o mosquito vai sendo deflagrada nas redes sociais.
“Gente, vamos navegar nessa onda juntos. A dengue não é só um caso de ação pública, é de cada cidadão, aliás, é a atitude de muitas pessoas que fizeram esses dados crescerem”, disse Andréa Zílio, motivadora da proposta.
Os interessados em discutir a campanha contra a dengue do Acre na internet estão sendo convidados para uma conversa, onde sugestões serão apresentadas e discutidas. O encontro deve ocorrer na próxima segunda-feira, 13, às 19h na Biblioteca da Floresta, no Parque da Maternidade.
A idéia tem o apoio do Encontro de Twitteiros Culturais do Acre (@ETC_Acre), responsável por diversas mobilizações sociais na web no Acre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário