sexta-feira, 13 de agosto de 2010

VÔOS PODEM SER INTERROMPIDOS NO ACRE

Vôos podem ter prejuízos caso aumente a concentração de fumaça

Tiago Martinelo - O funcionamento operacional do Aeroporto Internacional de Rio Branco também pode sofrer danos com as queimadas. Caso a concentração de fumaça não tenha seu ritmo de crescimento freado na Capital, os procedimentos de aproximação (pousos/aterrissagens) de aeronaves poderão sofrer atrasos ou até mesmo chegar a ser interrompidos.


Pista-com-fumaça - E esta não é uma realidade tão distante! Segundo Daniel Sobrinho, superintendente local da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (In-fraero/AC), o obstáculo com a fumaça na visibilidade da pista começou há duas semanas e está se agravando cada vez mais. Inclusive, já está se aproximando ao estágio de risco, para intervenção dos vôos.


Por enquanto, o problema só inviabilizou que pilotos realizassem aterrissagens de modo manual (tendo visão da pista) para passar a fazê-las através de recursos automáticos (aparelho instrutor para guiar o piloto). Tal medida ainda não compromete as 5 linhas de vôos diários no aeroporto, mas certamente já deixa a população em alerta aos prejuízos.


Desde o domingo (8) até ontem (12), os focos de calor/queimadas nos arredores de Rio Branco cresceram de 56 para 88 registros no Inpe (alta de 57%: 32 focos). Ontem, foram registrados somente 3 focos na Capital, mas vale ressaltar que a fumaça que paira sobre a cidade não é apenas local. No Estado inteiro, o número de queimas saiu de 460 (dia 8) para 820 focos (ontem), ou seja, teve acréscimo de 78,26% (360 focos).

Nenhum comentário:

Postar um comentário