terça-feira, 17 de agosto de 2010

DESAPARECIDA NO ACRE

Mulher viajou ao Brasil à procura de cura interior, esteve em Rondônia e poderia estar aqui no Acre agora

Resley Saab - O israelense Ron Israeli procura pela tia Pnina Ayal, (foto) 63 anos, desaparecida desde julho passado,possivelmente, entre os estados do Acre e de Rondônia. Pnina entrou no Brasil por Foz do Iguaçu, em busca de tratamento holístico.

Desde então, a última notícia que se tem é que ela embarcou no dia 9 de julho, às 19 horas, em um ônibus em São Paulo com destino a Porto Velho (distante 650 quilômetros de Rio Branco).

“Em Porto Velho, ela foi vista por uma pessoa às margens do rio Madeira”, afirma Israeli, que está no Acre, porque provavelmente, ela pode ter vindo em busca de alguma instituição daimista ou algo semelhante.

“A última tentativa de contato foi no dia entre os dias 11 e 12 de julho, mas a família não obteve nenhum retorno”, explica o sobrinho.

Pnina Ayal fala apenas o inglês, não estava doente, mas veio ao Brasil em busca de cura interior, segundo Ron Israeli.

“Queremos saber apenas se ela está bem, se podemos ter a segurança de que está viva e em paz”, ressalta.

Qualquer informação sobre o paradeiro de Pnina Ayal, poderá ser feita aos telefones (69) 8122-2555. Há ainda o e-mail: ronisr32@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário