quarta-feira, 28 de julho de 2010

SEXO VIA REDES SOCIAIS

Menor acusado de distribuir conteúdo pornográfico no Twitter

Se por um lado as redes sociais proporcionam geração de emprego, renda, movimentam economia e compartilham conhecimento e informação, também podem atrair crimes virtuais e abusos.

No último dia 25 [domingo], uma aposta entre adolescentes terminou em cenas de sexo ao vivo na rede mundial de computadores. Na imprensa o assunto ficou conhecido como #casodamzinho.

Com a webcam do computador ligada, eles distribuiram links no Twitter - microblog- informando que estavam transando, e a garota pagando sua divida com o colega.

O caso reascendeu o debate sobre os crimes virtuais, o controle do conteúdo na internet pelos pais, as fragilidades do Estatuto da Criança e do Adolescente e gerou uma onda de debates educacionais na rede.

A polêmica foi parar na delegacia, menores e os pais terão que prestar esclarecimentos à policia.

Os garotos distribuiram videos na internet, onde se posicionam sobre o ocorrido e até esnobam da situação. Uma clara demostração de tentar ganhar popularidade virtual a qualquer preço.


Na web achei alguns links que podem lhe ajudar, caro leitor, a entender melhor o caso.

LEIA:
Adolescente prometeu tirar a virgindade de "irmã" via twitcam


Novos Polanskis

Nenhum comentário:

Postar um comentário