segunda-feira, 12 de julho de 2010

38 CANDIDATURAS IMPUGNADAS NO ACRE

MP Eleitoral oferece 38 impugnações de candidaturas ao TRE/AC


Motivos vão desde falta de comprovantes de escolaridade a condenações em Tribunais


O Ministério Público Eleitoral no Acre (MPE/AC) finalizou a análise dos pedidos de registro de candidaturas encaminhando 38 impugnações ao Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC).


Dentre os motivos apresentados nas impugnações estão falta de comprovante de escolaridade, perda do prazo para desincompatibilização de funções, dupla filiação partidária e condenações prévias em Tribunais. Uma candidata apresentou, ainda, pedido de registro para candidatar-se a Deputada Federal por um Partido e a Deputada Estadual por outro.


Das impugnações apresentadas, duas são das coligações Frente Popular I e II por ter sido constatada adulteração na ata da convenção do Partido Socialismo Liberdade (PSOL). O pedido destas duas impugnações é apenas para que o PSOL seja excluído das coligações.


Com o fim do prazo para impugnações às 19 horas desta segunda (12/7) o TRE/AC terá, pela Lei Eleitoral, até o dia 05 de agosto para julgar as impugnações apresentadas pelo MPE/AC, bem como outras eventualmente apresentadas por candidatos, partidos ou coligações.


Confira a lista completa das impugnações


Fonte: MP Eleitoral

Nenhum comentário:

Postar um comentário