sexta-feira, 14 de maio de 2010

GRUPO DO RATINHO SE PREPARA PARA EXPLORAR FLORESTA NO ACRE

DULCINÉIA AZEVEDO

Um grupo empresarial ligado ao apresentador Carlos Massa, o Ratinho, se prepara para iniciar o manejo de cerca de 150 mil hectares de floresta nativa no Acre. É o que restou da Fazenda Paranacre – atualmente denominada Radam – localizada no município de Tarauacá (distante 400 km da Capital).

De acordo com o secretário de Estado de Floresta, Carlos Ovídio Duarte Rezende, a área inicial, adquirida em 2005, era de 190 mil hectares, mas sofreu redução em virtude de doações feitas a comunidades indígenas e posseiros da região.

Segundo ele, o processo de licenciamento foi conduzido pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), ficando a demarcação das áreas menores, anexadas a florestas públicas, sob a responsabilidade do Instituto de Terras do Acre (Iteracre).

Com a redução da área e o fim do litígio com os índios e posseiros, o grupo se prepara para dar início à exploração sustentável da região, através de projeto de manejo florestal, já finalizado perante o Ibama. O início dos trabalhos depende apenas da conclusão da demarcação dos lotes destinados aos posseiros assentados à margem da BR-364.

O diretor-presidente do Iteracre, Felismar Mesquita, confirma que a demarcação dos oito mil hectares e a transferência às 50 famílias posseiras que estão no local já começou. O problema é que existem pessoas que apesar de não viverem na área se declaram posseiras. Estas, porém, serão excluídas do processo.

A Fazenda Paranacre está localizada entre as florestas públicas do Rio Liberdade, Gregório, Mogno e a Terra Indígena Kaxinawá Praia do Carapanã. O grupo no Estado do Acre é representado pelo empresário Dante Luiz Francefchi, sócio de Carlos Massa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário