sábado, 27 de março de 2010

A CACHORRADA DE VAGNER SALES

es encontram abrigo na Praça dos Táxis, centro da cidade

Uma briga, digamos "feroz e de cachorro grande" vem sendo travada em Cruzeiro do Sul, [distante 780 quilômetros de Rio Branco, Acre], entre o Ministério Público Estadual (MPE) e Vagner Sales (PMDB), prefeito da cidade.

Ocorre que o Centro de Controle de Zoonoses - unidade de saúde pública que têm como atribuição fundamental prevenir e controlar as zoonoses (como raiva, além da dengue e doença de chagas), desenvolvendo sistemas de vigilância sanitária e epidemiológica – é inoperante e deficiente no município.


Os promotores já andaram notificando o prefeito para que fosse retirada a matilha que anda circulando as ruas da cidade, provocando acidentes com veículos, e amedrontando crianças e adultos. Pediram ainda investimentos e melhoria na qualidade de vida dos bichinhos.


De acordo com os moradores quase todos os dias ocorre pelo menos um acidente envolvendo cães e mototaxistas. Há ainda relatos de populares que foram mordidos pelos animais,sem donos, que transitam nas ruas. Cruzeiro do Sul, ainda não dispõe de um canil, ou políticas públicas para tratamento dos animais e adoção. Também não tem uma entidade protetora dos animais.


Se Vagner Sales não consegue resolver nem a vida dos cães, imagine o restante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário