quarta-feira, 31 de março de 2010

SANTA PEDOFILIA


(*)Hélio Schwartsman, coluna Pensata, Folha On Line


Parece uma epidemia. Por toda parte onde se escarafunche, jorram casos e mais casos de abuso sexual de jovens por padres católicos. A história começou a ganhar as manchetes dos jornais nas duas últimas décadas do século 20, quando pessoas que haviam sido vítimas de religiosos no Canadá, nos EUA e na Irlanda resolveram botar a boca no trombone.


De lá para cá, foi uma avalanche: histórias escabrosas emergiram de todos os cantos do mundo, da Nova Zelândia à Polônia passando por Argentina, Alemanha, Áustria (para ficar apenas na letra A). Até Arapiraca, em Alagoas, acaba de entrar para o mapa da sagrada pedofilia.


Foi por essas e outras que, na sexta-feira passada, o papa Bento 16 enviou aos fiéis irlandeses uma carta episcopal em que pede desculpas por tudo de errado que aconteceu naquele país, um bastião do catolicismo na Europa, ao lado da Polônia e da pequena Malta.


Apesar de meu anticlericalismo, não acho que a culpa aqui seja da religião propriamente dita. Afinal, nenhum texto sagrado ou documento da igreja afirma e nem traz a menor sugestão de que manter uma relação homossexual com jovem sob sua tutela seja algo diferente de um pecado muito grave.


A forma de organização da Igreja Católica, entretanto, parece favorecer a ocorrência dos abusos, que, ao menos aparentemente, não acontecem na mesma escala em colégios e seminários protestantes, islâmicos ou judeus. E a especificidade do catolicismo nessa matéria é bem conhecida: o celibato dos padres. Não sou o primeiro e nem serei o último a correlacionar o veto ao casamento para sacerdotes à maior frequência de episódios de pedofilia. O sempre arguto teólogo católico Hans Küng publicou um interessante texto a respeito, que foi reproduzido no caderno Mais! da Folha desta semana.


Temos duas camadas de problemas para analisar: os abusos propriamente ditos e os esforços da alta hierarquia da igreja para acobertá-los. Comecemos pelo fim, isto é, pelas tentativas de bispos de encobrir os crimes de seus subordinados. Durante muitas décadas, para não dizer séculos, quando tomava conhecimento de casos de abuso, a cúpula da igreja invariavelmente decidia não denunciar o suspeito às autoridades civis. Costumava apenas transferi-lo para outra função, onde, por vezes, podia até mesmo seguir colecionando vítimas.


Num certo sentido, essa atitude é até mais grave que o próprio molestamento, pois a pessoa que abusa pode pelo menos descrever-se como vítima de uma doença psiquiátrica catalogada no CID. Já o acobertamento, este ainda não foi definido como patologia por nenhuma associação médica. Aqui, ao que parece, bispos eram mais leais à instituição da igreja do que a seus próprios fiéis. Talvez seja isso que a Santa Sé espera deles, mas não é certamente o que recomenda a virtude republicana.


Passemos agora ao molestamento em si. Como já disse, estamos aqui no limiar do patológico. E a Igreja Católica funciona como um ímã para pessoas com propensões pedofílicas, pois não apenas legitima e confere elevado status social à vida de solteiro como ainda oferece incontáveis oportunidades de interagir com jovens estando numa posição de poder.


Outras profissões que atraem pedófilos, hebéfilos e efebófilos são, não por acaso, as de professor, psicólogo, pediatra, orientador pedagógico, instrutor esportivo, chefe de escoteiros etc.


O sacerdócio nas fileiras católicas, entretanto, pela dupla vantagem, parece ser a escolha de primeira linha. Apenas os EUA e a Irlanda fizeram investigações sistemáticas do problema em nível nacional. E os números, no caso norte-americano, consubstanciados no Relatório John Jay, de 2004, são de deixar os cabelos em pé.


Encomendado pela Conferência dos Bispos Católicos dos EUA (a CNBB deles) e realizado a partir de informações fornecidas pelas próprias dioceses e pelas vítimas, o estudo concluiu que, entre 1950 e 2002, 10.667 pessoas alegaram ter sido vítimas de abuso por parte de padres. Destes casos, 3.300 casos foram descartados porque o suposto molestador já havia morrido. Outro milhar foi desprezado devido a falta de provas. Para resumir o quadro, as dioceses encontraram elementos para consolidar 6.700 acusações de abuso contra 4.392 padres, isto é, contra cerca de 4% dos 109.694 membros do clero católico que atuaram durante o período coberto pelo trabalho.


Evidentemente é uma minoria, mas uma minoria altamente significativa. Não conheço estatísticas para outras profissões, mas me surpreenderia muito se a proporção se aproximasse de algo como 1%. A prevalência da pedofilia na população geral não é conhecida e depende muito de como se define a parafilia, mas é um desvio que se conta em casos por milhar de habitantes, não por centena.


Das vítimas, 81% eram homens, a maioria dos quais já havia atingido a puberdade. Tecnicamente, portanto, hebefilia homossexual seria um termo mais adequado que pedofilia. Receio, porém, que o "framing" já esteja dado e não vá ser mudado.


Também acho difícil que uma eventual liberação do casamento para padres como defendida por Küng (em princípio, não se trata de de matéria dogmática, mas apenas de disciplina interna, estando, portanto, aberta a mudança) alteraria muito o quadro. A vida sacerdotal, em que o casamento jamais seria obrigatório, continuaria a ser uma opção atraente para todo gênero de pedófilo com inclinações religiosas.


A pergunta interessante aqui é: por que os católicos decidiram banir o casamento do sacerdócio? Há uma polêmica acre entre os próprios católicos. Küng, por exemplo, sustenta que a proscrição das núpcias para padres é relativamente recente, remontando à reforma gregoriana do século 11. A propaganda oficial, entretanto, faz com que a norma retroceda aos primeiros séculos do cristianismo.


Deixando essa controvérsia específica de lado, é seguro afirmar que os patriarcas da igreja tinham horror a sexo e que essa tendência se manifesta não apenas no celibato sacerdotal como também no próprio casamento entre leigos, ainda que com menor intensidade.


É claro que, oficialmente, a união matrimonial sempre foi considerada um sacramento. O próprio Jesus Cristo, quer a tradição, definiu o casamento indissolúvel entre o homem e a mulher como parte do plano de Deus.


Na prática, entretanto, a castidade quase sempre foi descrita como um estado preferível à vida conjugal. João Crisóstomo (c. 347 - c, 407), por exemplo, mandava que as pessoas se mirassem no exemplo de Cristo, "ele próprio a glória da virgindade". Patriarcas casados como Tertuliano (c. 160 - c. 225) e Gregório de Nissa (c. 335 -c. 394) não eram representantes muito entusiasmados da categoria. O primeiro afirmou que o casamento era "essencialmente fornicação" e o segundo disse que, se a mulher se mantivesse virgem, se livraria "do governo de um marido e dos grilhões das crianças".


Pragmático, Cipriano de Cartago (? - 258) reconhecia que Deus instruíra a humanidade a crescer e multiplicar-se, mas, uma vez que o mundo já se encontrava bastante povoado, não havia por que seguir com esse processo.


Assim, enquanto outros sacramentos como a eucaristia, o batismo e a confirmação ganharam desde o início liturgias formais sofisticadas, ninguém viu muita necessidade de ritualizar o casamento, que durante séculos e séculos dispensou até mesmo a presença de um padre. Para a união ser válida, bastava que os noivos declarassem um ao outro que se casavam ("verbum") e consumassem o ato fisicamente.


Essa situação perdurou até o século 16, quando, alarmada pela Reforma protestante --Lutero negava que o casamento fosse um sacramento-- e também pelo crescente número de uniões realizadas em privado, a Igreja Católica decidiu mudar as regras.


Após o Concílio de Trento, em 1563, ficou estabelecido que o casamento teria de ser oficializado por um padre e pelo menos duas testemunhas, regra válida até hoje.


Por que tanto horror ao sexo? Sinceramente, não sei. Tenho apenas algumas suposições. É claro que toda religião, como qualquer estrutura de poder, tenta dirigir e portanto controlar a vida de seus membros. Em geral, esse processo começa pelo corpo (a ponta final de todos os prazeres) e se dá através de normatizações e ritualizações. O catolicismo, porém, foi bem mais longe. Seus patriarcas flertaram com a própria eliminação do sexo (para eles, a fonte mesma da corrupção humana), ainda que jamais tenham apostado todas as fichas nessa vertente. É uma atitude que só se explica à luz de uma teleologia que tenha em mente o fim dos tempos. Trata-se, se quisermos e por paradoxal que parece, de uma filosofia com matizes niilistas, pelo menos no que diz respeito à vida neste mundo.


Também é notável uma inesperada semelhança com o marxismo: o caráter utópico. Católicos e comunistas comungam a crença (ou talvez devamos dizer esperança) de que, dadas as condições certas, é possível virar do avesso a natureza do homem.


* Hélio Schwartsman, 44 anos, é articulista da Folha. Bacharel em filosofia, publicou "Aquilae Titicans - O Segredo de Avicena - Uma Aventura no Afeganistão" em 2001. Escreve para a Folha Online às quintas.

segunda-feira, 29 de março de 2010

SAÚDE DE PRIMEIRO MUNDO

De um canto a outro do Estado, surgem exemplos de que a saúde acreana tem aspectos de investimento de primeiro mundo.

Este destemido blog recebe imagens dos moradores da cidade de Cruzeiro do Sul, na região do Vale do Juruá, distante cerca de 780 quilômetros da capital.

O recado dos eleitores vai direto para nossos representantes politicos e administradores públicos.

Contam as familias, que a situação deprimente, tem incomodado bastante e colocado desde crianças, até adultos, idosos em situação de risco.

As imagens são de sangue hospitalar que é despejado num esgoto, que atravessa o terreno de uma escola a céu aberto e corre direto pela rua Pará.

O sangue vem do Hospital do Estado de Dermatologia Sanitária localizado no bairro Telégrafo, passa nos fundos da escola estadual Corazita Negreiros e segue pela rua, podendo contaminar moradores.

Detalhe: falta boa vontade, tanto municipal como dos gestores estaduais para resolver esse probleminha. Os moradores cansaram de reclamar. Demais imagens estão a disposição em nosso acervo.

MORRE O ACREANO ARMANDO NOGUEIRA

Jornais do mundo, deram destaque nesta segunda-feira (29), para a morte do acreano de Xapuri, Armando Nogueira, 83. Ele morreu de complicações resultante de um câncer. Nogueira morava no Rio de Janeiro, onde faleceu. A noticia da morte dele, chegou primeiro ao Twitter, que nos sites de noticias.

Leia mais sobre o jornalista, aqui.

domingo, 28 de março de 2010

ACRE APAGA AS LUZES NA HORA DO PLANETA


O Acre é conhecido mundialmente, dentre outros aspectos, pela biodiversidade e pela história de luta em defesa da conservação e dos povos da floresta. O estado que deu para o mundo líderes como o seringueiro Chico Mendes e que dá exemplos de desenvolvimento com sustentabilidade, participou ativamente da Hora do Planeta 2010.

Com a adesão do Governo Estadual e da Prefeitura de Rio Branco ao movimento, a capital acreana ficou às escuras por uma hora para participar da maior mobilização mundial em defesa do meio ambiente e de alerta ao aquecimento global. Foram apagadas as luzes do Palácio Rio Branco - sede do governo -, a Assembleia Legislativa e o Horto Florestal, onde está instalada a Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Além dos edifícios públicos, centenas de residências também tiveram as luzes desligadas pela população, em uma adesão espontânea ao movimento.

O governador do Acre, Binho Marques, classificou a mobilização como um sucesso. "O Acre está na vanguarda de combater o desmatamento e de valorizar a floresta, isso está em nossa história. Estamos comprometidos com a construção de uma economia de baixo carbono e nossa participação na Hora do Planeta vem reforçar esse trabalho", descreveu o governador.


COMENTÁRIO DO BLOG:
A Companhia de Eletricidade do Acre - Eletroacre - já obriga a muito tempo ao povo acreano a aderir a Hora do Planeta.

O povo vive constantes apagões, blecautes, escuridão, trevas, as quedas de energia são frequentes.

Os acreanos dão exemplo, a muito tempo de como diminuir o aquecimento global.


A atitude de apagar as luzes é mínima, poderia ser algo mais impactante para preservar o planeta. Como por exemplo, politicas públicas ambientais eficientes e de valorização do ser humano.

sábado, 27 de março de 2010

PLANTIO DE MACONHA NA RESERVA CHICO MENDES

Policiais apreenderam mais de 100 quilos de maconha guardados em sacos prontos para comercialização

Produtores rurais estão substituindo o extrativismo, criação de pequenos animais e agricultura familiar por um negócio mais rentável e lucrativo, para eles. Sem temer as autoridades policiais, famílias brasileiras estão cultivando maconha em suas propriedades, como se fossem pés de alface, ou couve. No último fim de semana, policiais descobriram um plantio na Reserva Extrativista Chico Mendes, localizada na cidade de Xapuri, Acre, fronteira com a Bolívia.

A Resex Chico Mendes tem uma área de 970.570 ha, abrange os municípios de Assis Brasil, Brasiléia, Capixaba, Xapuri, Sena Madureira e Rio Branco, onde vivem cerca de 2 mil famílias em aproximadamente 60 comunidades, ou seringais de cultivo. O local passa por um litígio político internacional com a Bolívia, que ameaça expulsar mais de 3 mil moradores. Na faixa de 50 quilômetros de fronteira entre os dois países o governo do cocalero Evo Morales, pretende redistribuir as terras ocupadas a campesinos locais – justamente para o cultivo da folha da coca.

Há três anos jornais do país descobriram que a pecuária avançava sobre a floresta que era pra ser preservada na Resex. Vinte e dois anos depois do assassinato do líder seringueiro, Chico Mendes, símbolo da defesa da floresta, a área desmatada na unidade de conservação federal que leva seu nome cresceu 11 vezes e o gado, que não deveria estar lá segundo o projeto original, chega a quase 10 mil cabeças. A reserva ganhou notoriedade internacional também após a morte do ambientalista e seringueiro.

Sem a produção extrativista dos seringais, e políticas de desenvolvimento sustentável eficientes, as famílias agora estão gerando renda a partir do plantio de maconha. Cannabis, tipo sativa, foi descoberto por uma equipe comandada pelo delegado de policia civil, Adriano Carrasco, titular da Delegacia de Repressão ao Entorpecente - DRE. Eles apreenderam 233 kg de maconha na reserva Chico Mendes.

Continue lendo o texto no site da
AGENCIAC.COM

O HOMEM DO MENSALÃO E SEUS AMIGOS ACREANOS


ARCHIBALDO ANTUNES - José Dirceu continua réu no processo do mensalão. O caso se arrasta desde 2007 no Supremo Tribunal Federal, como convém aos larápios que podem contar com a assistência de sapientes jurisconsultos.

Na semana passada, dia 14, o relator, ministro Joaquim Barbosa, incluiu na pauta da sessão do STF uma discussão sobre o andamento do processo contra os 40 mensaleiros que, na versão do então procurador geral da República, Antonio Fernando Souza, eram liderados por Dirceu.


Ninguém de bom senso duvida que as firulas legais estiquem o caso por muitos anos ainda. Faz parte da nossa cultura jurídica que ladrão graúdo envelheça longe do cárcere. Quando pegam algum, como ocorreu com José Roberto Arruda, é por questões alheias à pilhagem.


Dirceu veio ao Acre dar palestra sobre a conjuntura política atual. Ele tem currículo extenso e interesses variados. Não é economista, como se sabe. Mas posa de professor da matéria por onde passa. Aqui não agiu diferente. Ciceroneado pelo ex-governador Jorge Viana, falou sobre vários assuntos com conhecimento de causa.


Jornalistas que foram à palestra no auditório da Fieac se impressionaram com o que ouviram. Alguns saíram com a impressão de que Jorge Viana ainda tem muito a aprender com o ex-ministro. Ledo engano.


O ex-governador do Acre, acreditem, tem currículo suficiente para dar aula a Zé Dirceu.


EDMILSON ALVES - Fernandinho Beira-Mar sabe utilizar armas de fogo. José Dirceu também sabe.


Beira-Mar aprendeu nos morros cariocas. Dirceu em Cuba.


Beira-Mar é poderoso. Dirceu também é.


Beira-Mar optou pelo tráfico de drogas. Dirceu pelo tráfico de influência.


Beira-Mar só foi encarcerado depois de um claro entendimento político da necessidade de se prender um grande chefe do crime. Pois a sociedade clama por segurança e justiça.


José Dirceu é réu do Supremo Tribunal Federal – STF - no processo do mensalão - o maior esquema de roubo de dinheiro público já descoberto no Brasil.


De acordo com STF, Dirceu seria o chefe e mentor da quadrilha que desviou, somente em um ano, entre 2003 e 2004, R$ 55 milhões do nosso ‘suado dinheiro’. É por essa e por outras: que somos obrigados à pagar aluguel sem direito à casa própria; Que frequentamos escolas, mas não temos ensino. Que trabalhamos tanto, mas estamos sempre sem dinheiro.


Dirceu já foi condenado pela Câmara dos Deputados, perdera o mandato e teve seus direitos políticos cassados.


Dirceu só será preso se houver um entendimento político da necessidade de se combater os abusos da corrupção cometidos por políticos.


A tradição do STF é a de inocentar políticos envolvidos em maracutaias e roubalheiras - mesmo que exista um caminhão carregado de provas. Por isso, Dirceu poderá sair livre e zombar de mim e de você. Tal como fez nesta quinta-feira, 25, vindo ao Acre palestrar para empresários acrianos e para petistas de carteirinha – uma afronta de envergonhar o Povo do Acre.


O ministro Joaquim Barbosa - que vota em Lula e por Lula foi levado ao STF - é o responsável pelas mais consistes provas de envolvimento de Dirceu com os desvios de dezenas de milhões de reais e dólares. Mas o PT acriano simplesmente ignora o primeiro ministro negro a chegar a Suprema Corte.


Se a decisão de prender Dirceu será política - assim como foi com Beira-Mar – temos que condenar atitudes como estas do PT acriano e de alguns empresários que preferem ignorar todas as evidências e aplaudir o homem do mensalão.


Dirceu por Dirceu. Vamos convidar Beira-Mar para palestrar aos empresários acrianos. Só que desta vez, preferiremos a Catedral da Igreja Católica – como àquela torre foi custeada com dinheiro do contribuinte acriano, não seria nada de mais pedir algo em troca.

QUE ACRE É ESTE?



Quatorze anos sem Legião Urbana. Leia aqui

RODRIGO PINTO INADIMPLENTE COM A JUSTIÇA

Justiça expediu mandado para Rodrigo Pinto pagar divida trabalhista.

A justiça do trabalho está convocando o vereador de Rio Branco e pré-candidato ao governo do Acre, Rodrigo Pinto (PMDB), para que ele pague uma divida trabalhista que se arrasta desde o ano passado. O político que era sócio de uma empresa de telefonia deixou de pagar R$ 400 referente a custas processuais de uma ação movida por funcionários.

O mandado de citação [n° 0492/2010], foi expedido no dia 24 de março de 2010, pelo juiz Ilson Alves Pequeno Junior, da 1ª Vara do Trabalho de Rio Branco. No documento o magistrado determina que o oficial de justiça proceda à citação do sócio da empresa executada [Central Celular – Melo & Barbosa, CNPJ 02.213.026/0001-08], Rodrigo Barbosa de Almeida (Rodrigo Pinto), no prazo de 48 horas, para pagar ou indicar bens de penhora.

Acompanhe o andamento do processo no site da justiça do trabalho: n. 0046400-43.2008.5.14.0401

Foto: Agazeta.net

LEIA MAIS NA AGENCIAC.COM

A CACHORRADA DE VAGNER SALES

es encontram abrigo na Praça dos Táxis, centro da cidade

Uma briga, digamos "feroz e de cachorro grande" vem sendo travada em Cruzeiro do Sul, [distante 780 quilômetros de Rio Branco, Acre], entre o Ministério Público Estadual (MPE) e Vagner Sales (PMDB), prefeito da cidade.

Ocorre que o Centro de Controle de Zoonoses - unidade de saúde pública que têm como atribuição fundamental prevenir e controlar as zoonoses (como raiva, além da dengue e doença de chagas), desenvolvendo sistemas de vigilância sanitária e epidemiológica – é inoperante e deficiente no município.


Os promotores já andaram notificando o prefeito para que fosse retirada a matilha que anda circulando as ruas da cidade, provocando acidentes com veículos, e amedrontando crianças e adultos. Pediram ainda investimentos e melhoria na qualidade de vida dos bichinhos.


De acordo com os moradores quase todos os dias ocorre pelo menos um acidente envolvendo cães e mototaxistas. Há ainda relatos de populares que foram mordidos pelos animais,sem donos, que transitam nas ruas. Cruzeiro do Sul, ainda não dispõe de um canil, ou políticas públicas para tratamento dos animais e adoção. Também não tem uma entidade protetora dos animais.


Se Vagner Sales não consegue resolver nem a vida dos cães, imagine o restante.

quarta-feira, 24 de março de 2010

MPE RECORRE DA DECISÃO DE JUIZ ELEITORAL

MP Eleitoral recorre de decisão que negou retirada de vídeos com propaganda eleitoral antecipada de Jorge Viana

Para a Justiça Eleitoral do Acre, candidatos poderiam pedir votos antecipadamente, desde que de maneira indireta

O Ministério Público Eleitoral no Acre (MPE/AC), recorreu ao Tribunal Regional Eleitoral contra a decisão da Justiça Eleitoral do Acre que indeferiu o pedido de liminar para que fossem retirados da Internet os vídeos onde o pré-candidato ao Senado pelo Partido dos Trabalhadores Jorge Ney Viana faria propaganda eleitoral antecipada.

Segundo o recurso apresentado, a decisão deve ser reformada por conter argumentos equivocados, já que, por exemplo, o dispositivo legal citado que determina igualdade de tratamento aos candidatos é dirigido aos meios de comunicação e não ao representado na ação.

Além disso, o recurso demonstra que a legislação eleitoral prevê para casos extremos como a cassação do registro ou do mandato eleitoral que a mera demonstração do dolo seja suficiente para tal. Sendo assim, não haveria razão para, no caso da aplicação de uma penalidade mais branda como uma multa, haver, por parte do julgador, a exigência de pedido direto literal e direto de votos.

Outro argumento combatido no recurso foi o de que a Internet deveria ser olhada de maneira diferenciada por demandar maior esforço do eleitor para seu acesso. O recurso lembra que hoje a Internet é meio de comunicação de massa moderno, podendo ser acessado facilmente, disponível até em escolas públicas no Acre, diferente do rádio e Tv. Além disso, a Internet é incluída expressamente dentre os veículos em que vedada a propaganda antecipada no inciso I do artigo 36-A da Lei 9.504/1997.

Da Assessoria MPF/AC

terça-feira, 23 de março de 2010

INTERNET MUDANDO A VIDA DE TRIBOS DA AMAZÔNIA

VIRGEM QUE CHORA 'LÁGRIMAS DE ÓLEO' ATRAI FIÉIS NA FRANÇA

Familia organiza horários de visitas à imagem da Virgem

Daniela Fernandes, de Paris para a BBC Brasil

Um quadro com uma imagem da virgem Maria que supostamente “chora lágrimas de óleo” criou um fenômeno de peregrinação na França, atraindo centenas de fiéis semanalmente à residência dos donos da obra, nos arredores de Paris.

Segundo relatos da família Altindagoglu, cristã-ortodoxa e de origem turco libanesa, proprietária do quadro, as supostas "lágrimas" com uma textura oleosa começaram a escorrer do rosto da virgem no dia 12 de fevereiro.

A família vê essa data de uma maneira simbólica, afirmando que o suposto evento teria tido início antes da Quaresma, periodo importante para os cristãos.

Inicialmente, a família teria revelado o suposto ocorrido apenas às pessoas mais próximas.

Mas a notícia teria se espalhado que fiéis de outros países, como Bélgica, Espanha, Suíça e Estados Unidos, segundo a família, foram à sua casa para ver o suposto fenômeno, que também interessou seguidores de outras religiões.

Benção e prudência - Pessoas doentes e os que esperam obter graças e bençãos representam a maior parte dos visitantes, embora também existam curiosos.

Os fiéis levam pedaços de algodão ou tecidos para tentar recolher o suposto óleo que escorreria do rosto da virgem.

Uma missa já foi celebrada na casa por um padre ortodoxo. Mas a Igreja não se pronunciou oficialmente sobre o suposto "milagre".

Em um comunicado, a diocese greco-ortodoxa do Patriarcado de Antioquia na Europa Ocidental afirmou apenas que "se há um significado a ser dado a essa manifestação, é o de que a Virgem abençoa a família".

No texto, a diocese também pede aos fiéis "prudência" em relação ao suposto fenômeno.

Visitas - Devido ao número de visitas diárias, pelo menos 50 mas que podem atingir até uma centena, a família afirmou ter sido obrigada a limitar os horários de acesso à sua casa.

Em frente ao local, situado em Garges-lès-Gonesse, no norte de Paris, a família colocou uma placa informando que as visitas devem ser realizadas entre 12 e 16 horas.

"Fomos obrigados a organizar porque as visitas começavam às 6 horas e havia pessoas que ficavam até a madrugada" afirma a esposa, Selim Altindagoglu.

Ela afirma ter sido a primeira a ter visto as "lágrimas de óleo" escorrerem do rosto da virgem.

Uma proteção em plástico transparente também foi colocada sobre quadro, em madeira, devido ao grande número de visitantes que tocavam a imagem de Maria segurando Jesus em seus braços.

Segundo a família, "lágrimas" de óleo teriam supostamente escorrido do quadro durante três semanas ininterruptas.

Agora, nem sempre os fiéis que vão ver a obra teriam a oportunidade de observar o suposto fenômeno.

Mas o assunto continua suscitando o interesse das pessoas na França. Discussões na internet questionam se seria um “milagre” ou uma fraude.

Marie-Alice Belcour, uma restauradora de obras de arte entrevistada pelo jornal Libération, afirma que materiais de quadros, cobertos com resinas plásticas, "podem derreter com o calor".

Ela afirma que azeite de oliva também possa ter sido utilizado na pintura.

segunda-feira, 22 de março de 2010

JORGE VIANA EM CAMPANHA ELEITORAL ANTECIPADA


MP Eleitoral aciona Jorge Viana por propaganda eleitoral antecipada


O Ministério Público Eleitoral no Acre entrou junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC) com representação por propaganda eleitoral antecipada contra Jorge Ney Viana Macedo das Neves por ter, em entrevista conduzida pelo apresentador Alan Rick, no programa Gazeta Entrevista, exibido pelo canal “A Gazeta”, utilizado de dois “blocos” do programa para fazer campanha eleitoral e divulgar sua candidatura ao Senado Federal, bem como a de seu irmão, Tião Viana, ao governo do Estado, nas eleições gerais deste ano.


A representação, assinada pelo procurador eleitoral auxiliar Ricardo Gralha Massia, demonstra os momentos da entrevista nos quais Jorge Viana, sabidamente pré-candidato ao Senado pelo Partido dos Trabalhadores (PT), aproveitaria para anunciar as candidaturas e pedir o apoio da população nas eleições, conclamando a população a segui-lo, no que ele denomina de jornada de volta à política.


Por ter o pré-candidato também feito referências à Ministra Dilma Rousseff, foi encaminhada cópia do procedimento ao Procurador Geral Eleitoral para apuração de possível propaganda antecipada para o pleito presidencial.


A representação pede, em caráter liminar, que o material seja retirado do site da emissora na internet, bem como em outros sites, ainda que postados à sua revelia. Além disso, pede também a condenação de Jorge Viana ao pagamento da multa de R$ 25 Mil, prevista como patamar máximo no parágrafo 3.º do artigo 36 da Lei n.º 9.504/97.


Do site do MPF/Acre

VAI FALTAR ÁGUA BOA PARA O CONSUMO, ALERTA ONU


Com o tema 'Água Limpa para um Mundo Saudável', ONU alerta para a contaminação no Dia Mundial da Água


Agência Estadão


O consumo mundial de água está aumentando - mesmo em países onde a população cresce pouco - e as reservas de água boa estão cada vez mais ameaçadas pelas atividades humanas. Esse é o diagnóstico de dez entre dez especialistas.


Cerca de 3 bilhões de pessoas sofrerão com escassez de água até 2025, alerta a ONU


"O aumento do consumo está conectado ao crescimento econômico dos países. Quanto maior o PIB, maior o consumo", afirma Eduardo Mendiondo, do Departamento de Hidráulica e Saneamento da Universidade Federal de São Carlos.


Mendiondo trabalha com um indicador chamado "pegada hidrológica", que mede o consumo total de água per capita ao ano - incluindo a água embutida nos produtos que consumimos. Ele acaba de fazer o cálculo para a realidade do País: "A pegada hidrológica de um brasileiro médio é de 1.340 m³ per capita ao ano. A de um norte-americano é de 2.500."


O cálculo faz sentido já que, segundo dados da ONU, o consumo em países desenvolvidos é em média seis vezes maior do que nos países em desenvolvimento.


Hoje, mais de 1 bilhão de pessoas não têm acesso a fontes confiáveis de água no mundo. Em 2025, boa parte do planeta estará em situação de stress hídrico, ou seja: a água disponível não será suficiente para os diferentes usos que o homem faz do recurso, como a agricultura, que é, de longe, a atividade que mais consome água. Até lá, 3 bilhões de pessoas sofrerão com escassez de água, segundo a ONU.


Saneamento - Na América Latina e na África, a ameaça ainda é o lançamento de esgoto sem tratamento nos rios. Isso inclui o Brasil, onde apenas 48% do esgoto doméstico é tratado, de acordo com a Agência Nacional de Águas (ANA).


No final do ano passado, durante a 1ª Conferência Nacional de Saúde Ambiental, o governo lançou o Compromisso pelo Saneamento Básico, que prevê o aumento de 80% do volume de esgotos tratados no País até 2020, e de 45% no total da população atendida com coleta de esgoto.


À medida que a água doce disponível sofre com a degradação pela poluição, cresce o desafio de garantir acesso ao recurso para a população. Isso porque, excluindo a água congelada dos polos, a água doce representa apenas 0,6% do total disponível no planeta. Destes, 98% estão contidas em aquíferos e apenas 2% nos rios e lagos.


Esse cenário preocupante ganha mais atenção no dia de hoje, data escolhida pela ONU para celebrar o Dia Mundial da Água.

sexta-feira, 19 de março de 2010

quinta-feira, 18 de março de 2010

AMOR INDÍGENA VIRTUAL

VACINA CONTRA A GRIPE

Oito razões para não tomar a vacina H1N1 ?


A vacina H1N1 contém mercúrio - a segunda substância mais perigosa do planeta depois do urânio!


O veneno de uma cascavel é menos perigoso que o mercúrio! O Mercúrio em outras vacinas está ligado à epidemia de autismo entre crianças!


Ela contém esqualeno, uma substância que quando injetada no corpo que pode fazer o sistema imunológico humano voltar-se contra si mesmo! Ela contém células de câncer de animal que pode provocar câncer nas pessoas!


Até o governo federal não está confiante quanto à segurança da vacina H1N1, é por isso que foi dada às indústrias farmacêuticas imunidade contra ações judiciais. Isto significa que se seu filho ou esposa ficar inválido ou morrer por causa da vacina H1N1, você não poderá processar a indústria farmacêutica que fez a vacina!!!


A entrada no mercado da vacina foi acelerada, o que significa que todos os efeitos colaterais a médio e longo-prazo não são conhecidos! Em 1976 o instituto médico afirmou que havia uma situação crítica relativa à gripe suína, quando de fato somente 5 pessoas em todo o país adoeceram com ela. A situação crítica foi uma fraude na época tal como é uma fraude agora. As pessoas começaram a morrer ou ficarem inválidas após tomarem a vacina contra a gripe suína!


As estatísticas e os fatos estão sendo manipulados para provocar pânico! O número de pessoas que supostamente estão com o H1N1 são somente estimativas, não números reais. Os testes usados para o H1N1

não são aprovados pela FDA (Agência de Drogas e Alimentos dos EUA), e esses testes não são confiáveis!


Os poucos que supostamente morreram por causa do H1N1 também estavam com pneumonia ou outras doenças, entretanto, o instituto médico quer que você acredite que o H1N1 foi a única causa dessas mortes.


De acordo com as declarações dos Centros de Controle de Doenças, Agência de Drogas e Alimentos e da Organização Mundial da Saúde (OMS), o H1N1 é uma doença moderada da qual muitas pessoas se recuperam em uma semana sem medicação!


Assista a videoclips gratuitamente sobre o Logro do H1N1 em: www.vaccinesaredangerous.com

Um clipe mostra uma mulher que já ficou permanentemente inválida por causa da vacina.


Também encomende: "As Vacinas São Perigosas - Uma Advertência Para a Comunidade Global" por Curtis Cost. É o primeiro e único livro que expõe o Logro da Gripe Suína H1N1!