sábado, 14 de novembro de 2009

BRASIL ASSUME COMPROMISSO DE REDUZIR EMISSÕES EM ATÉ 38,9%

O governo federal anunciou nesta sexta-feira (13), em São Paulo, a meta de reduzir as emissões de gases do efeito estufa no intervalo de 36,1% a 38,9% até 2020.

A amplitude da redução, segundo o governo, deve ficar entre 975 milhões e 1,062 bilhão de toneladas de gás carbônico.

O anúncio do governo brasileiro chega uma semana depois que o principal diplomata da Organização das Nações Unidas (ONU) para questões de clima, Yvo de Boer, cobrou uma posição firme do Brasil.

Com o anúncio do Brasil, aumenta a pressão sobre o governo de outros grandes emissores - como Estados Unidos, China e União Europeia - para que divulguem metas próprias em Copenhague.

A meta será levada à Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (denominada COP-15), em dezembro, em Copenhague, na Dinamarca. O encontro tem como objetivo substituir os acordo do Protocolo de Kyoto.

As promessas do Brasil até 2020:

Ação prevista (Redução de emissões)

Cortar em 80% o desmatamento da Amazônia (21%)
Cortar em 40% o desmatamento do Cerrado (4%)
Recuperar pastos degradados (3,1% a 3,8%)
Integrar lavoura e pecuária (0,7% a 0,8%)
Expandir o plantio direto* (0,6% a 0,7%)
Trocar fertilizantes por bactérias (0,6% a 0,7%)
Usar energia de modo mais eficiente (0,4% a 0,6%)
Ampliar o uso de biocombustível (1,8% a 2,2%)
Acelerar a construção de hidrelétricas (2,9% a 3,7%)
Adotar fontes alternativas de energia à 1,0% a 1,2%
Reduzir o carvão de desmatamento na siderurgia (0,3% a 0,4%)

Redução total:

Da ordem de 36,1% a 38,9%. Isso equivale a até 15% a menos das emissões em 2005**

Preço total:

R$ 200 bilhões em 10 anos, entre gastos e investimentos

* Técnica que não expõe o solo e evita a liberação de gases
** A lei paulista prevê redução de 20% em relação a 2005

LEIA MAIS SOBRE O ASSUNTO, CLIQUE AQUI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário