terça-feira, 8 de setembro de 2009

SAÍ DEMARCAÇÃO DE TERRAS DOS APOLIMA-ARARAS


Por Nayanne Santana

O ministro da Justiça, Tarso Genro, comunicou no início da noite desta terça-feira, ao senador Tião Viana (PT-AC), a assinatura da portaria de demarcação da terra indígena dos Apolima-Arara, índios do Vale do Juruá que estavam ocupando a Funai em Rio Branco até a semana.

Os indigenas acamparam no local para pedir urgência na demarcação das terras.


Segundo os Apolima-Arara, o local está sendo explorado de maneira desmedida, comprometendo a preservação do local.

A assinatura da portaria atendeu o pedido que teria sido feito pelo senador Tião Viana.

Os Apolima-Arara reivindicam há 12 anos a demarcação de suas terras que estão localizada ao longo do rio Amônia, no município de Marechal Thamaturgo. No local vivem 32 famílias.

*Com informações da assessoria do Senador Tião Viana

Um comentário:

  1. Caro Francisco,

    Oficialmente não há nada que garanta que a portaria foi mesmo assinada. Para isso é necessário a publicação no Diário Oficial, o que ainda não aconteceu. Provavelmente será publicado amanhã, pelas informações que tivemos do Ministério da Justiça.

    Outro ponto importante a ser observado é que foi uma conquista da comunidade em ação junto ao Ministério Público Federal. Não há nada de ação de políticos, sejam eles quais forem. Aliás, estamos acompanhando a luta do povo desde o início e somos testemunhas de que somente o MPF apoiou oficialmente e fez valer os direitos dos índios.

    Bom trabalho

    lindomar Padilha

    ResponderExcluir