quarta-feira, 30 de setembro de 2009

FEIJÓ TERÁ ‘ELEIÇÕES 2009’

Por Domenico Mattos, de Feijó


Numa reviravolta política histórica para o município de Feijó, TRE nega embargos de Juarez Leitão ratificando a cassação. O município terá eleições em 60 dias tal como também ocorre em Sena Madureira.


Há cerca de um ano pairava, na cabeça dos feijoenses, a dúvida sobre a continuidade ou cassação de mandato de Juarez Leitão (PT) depois que Raimundo Pinheiro, o Dindim (PSDB), alegou fraude nas eleições 2008 junto ao TRE. As provas eram tão volumosas e numerosas que foram acomodadas em caixas.


Foram dias, semanas e meses tensos que se arrastaram por quase um ano. Espantosamente, em janeiro deste ano, Leitão não só assumiu o cargo como ainda criou uma nova forma de ‘administrar’: seus secretários e assessores (um nome bonito para não designar em português chulo uma profissão execrável, o ‘puxa-saco’!) o faziam por ele e assim foi ‘administrando’ por longos nove meses até ter o mandato cassado em 15/09. Insatisfeito com a sentença (sempre querem dar um ‘jeitinho’), em 21/09, entrou com embargo de declaração, um procedimento de praxe nestes casos, mas não obteve êxito e, finalmente (ufa!), em 24/09 teve o embargo negado e a sentença anterior de cassação mantida.


Os feijoenses ficaram perplexos nem tanto pelo desfecho do caso (que já era mais que esperado e ansiado por uma multidão silenciosa), mas pela lentidão judiciária que, de certa forma, perpetua a impunidade ainda que por alguns meses... tempos tão ruins que chegam a parecer anos, décadas...


Já na sexta, 25/09, de acordo com o protocolo, assumiu o cargo o presidente da câmara do município, Cláudio Braga Leite e foram convocadas novas eleições em 60 dias.


Juarez Leitão, fazendo pouco caso da justiça e da ética, ainda tem a audácia de dizer que vai a Brasília ‘reverter’ a situação. É tão ignorante que não percebe que crimes eleitorais regionais como os acontecidos no Acre devem ser julgados aqui mesmo. Desacredita dos juízes e das leis, é mesmo um ser hediondo este senhor! Monstro alimentado pelos desmandos petistas que tudo permitem e a todos compram com dinheiro imundo e sujo!


Nas ruas as pessoas mais humildes e que dependem exclusivamente da máquina do estado ou do município para sobreviver ainda não se sentem totalmente à vontade para expressar sua opinião... medo e incerteza são as marcas da ditadura partidária aqui instaurada pelo PT e seus asseclas perversos. Explica-se: grande parte da economia local de Feijó é impulsionada pelo funcionalismo público e este é o segmento social mais diretamente ligado às decisões políticas, portanto, como vítimas do chicote petista, vivem a eterna neurose de sofrer futuras represálias pelo que pensam, falam ou deixam transparecer nas entrelinhas... O povo é sempre massa de manobra e os coronéis petistas fazem questão de, durante a lavagem cerebral que fazem neles, deixar isso cada vez mais claro. Como queria poder dizer aqui neste blog que os feijoenses não são covardes, que são bravos, orgulhosos e destemidos, mas ao sair pelas ruas lá fora, que realidade triste... subserviência e ignorância.


A partir desta semana ainda, devem ser divulgados os novos nomes para a sucessão municipal em Feijó. Tudo indica que o PSDB manterá Dindim e seu vice, Pelé Campos na disputa. Quanto ao ‘terrível’ PT, pessoas próximas dizem que terão de ser cautelosos e seguros na escolha daqui pra frente, ou seja, após o ‘roubo’ da cadeira de prefeito por nove meses à custa de ‘dentadura, sacolão, vermífugo e tijolo! Outros partidos menores ainda não cogitaram se lançarão nomes próprios ou coligarão. Enfim, a democracia ganhou este round, mas não ainda a luta inteira, infelizmente. Até lá, aguardemos, aguardemos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário