quarta-feira, 30 de abril de 2008

Blog com novo visual


Caros, webleitores, desculpem a ausência e a demora nas atualizações.

Mas blogueiro de verdade, sempre busca acompanhar as tendências tecnológicas do mercado. Por isso estive ausente, durante quase trinta dias.

Contratamos um dos melhores webmaster da atualidade, especialista em produção e criação de layout para blogs.

Marcos Venícios, (na foto) acadêmico do penúltimo ano de jornalismo, administra um dos mais conceituados sites de notícias de Rio Branco, o noticias da hora, pioneiro no seguimento. Ele estuda pra isso!

Foi brincando e mexendo no computador, que o autodidata, descobriu novas ferramentas, que podem superar os blogs atuais.

Se preparem que isto foi apenas uma provinha do que vem pela frente!

Querendo contratá-lo, basta fazer contato com este editor.

sábado, 12 de abril de 2008

Reflexo invertido

A sensibilidade deste repórter fotográfico, deu mais vida ao pouco lido, jornal A Gazeta, dirigido por Silvio Martinelo.

Esse acreano passeou pelas capitais brasileiras e desenvolveu um olhar apurado e clínico para registrar com sua câmera e suas maravilhosas lentes os milímitros fotográficos de um movimento.

Uma pausa durante o dia para apreciar o trabalho de Diego Gurgel, é passear por uma exposição fotográfica sempre inédita e atual.

Diego está na página do site da rádio interativa: http://www.radiointerativa.fm.br/

Consumidor acreano endividado

334 pessoas de 71 bairros da capital, na faixa etária dos 18 aos 46 anos, com rendimentos mensais de até dez salários, foram entrevistados durante a primeira semana de abril deste ano.

Os dados foram levantados pelo Instituto de Pesquisa da Federação do Comércio com o objetivo de avaliar o nível de endividamento e a capacidade de compra da população.

72% dos entrevistados, afirmaram que contraíram dívidas nos últimos 12 meses.

As compras no crediário foram responsáveis por 48% da inadimplência, seguido do cartão de crédito com 22% e dos empréstimos e financiamentos com 12%.

53% dos entrevistados, afirmaram que estão endividados.

Os números não surpreenderam o economista, Roberval Almeida, que coordenou a pesquisa. Para ele a facilidade de crédito, a falta de organização e planejamento no orçamento familiar motivam o consumo desenfreado.

A boa notícia é que o acreano vem procurando alternativas para sair do vermelho.

13% dos entrevistados, disseram que deixaram de comprar bens e serviços; 22% liquidaram e abandonaram o cartão de crédito e 40% reduziram os gastos de uma forma geral.

36% afirmaram que reservam dinheiro para as despesas de início do ano, 51% não se preocupam com as contas do ano novo.

98% das mulheres entrevistadas contaram que fazem questão de planejar o orçamento doméstico.

Para o economista este comportamento da população reflete a preocupação do consumidor em liquidar as contas atrasadas.

quinta-feira, 10 de abril de 2008

Um novo Acre

Transpirando campanha política



Na foto o ex - deputado estadual, Vagner Sales, ao lado de uma moradora do Rio Liberdade e de Kelly Kley (vestindo preto) jornalista, durante recente visita a comunidade rural do Rio Liberdade em Cruzeiro do Sul.

Vagner Sales marido da Deputada Estadual, Antônia Sales é um forte nome para a Prefeitura de Cruzeiro do Sul, sua base eleitoral está nos municípios do Alto Juruá. Um nome que assusta a Frente Popular.

Vagner, tem um discurso ameaçador, provocador e com tom de uma denúncia atrás da outra. Depois de várias derrotas, ele se prepara para voltar ao poder.

Vagner, dedurou o ex-governador Orleir Camelli, acusado de pagar extra de até 16 mil reais, na época para o a Aleac votar projetos e dar apoio ao governo estadual.

O vice-governador do estado Cêsar Messias, esteve envolvido com Vagner Sales em escândalos.

Cêsar, quando era prefeito de Cruzeiro do Sul, foi denunciado pelo Ministério Público por improbidade adminstrativa, depois de ter liberado o uso de máquinas pesadas do poder público para Vagner Sales, correligionário, fazer a ampliação de terras e limpar sua própria fazenda.

Fotos e imagens foram anexadas a denúncia, que morreu nos arquivos do Tribunal de Justiça.

Foto da página pessoal de Kelly na net.

quarta-feira, 9 de abril de 2008

Universitário fundamenta o protesto de muitos


Lembra daquele tempo em que a tecnologia era tão arcaica que a programação da TV chegava com dias de atraso? Provavelmente não, afinal isso tem mais de 30 anos. De qualquer forma os saudosistas podem agradecer porque uma turma aí providenciou para que voltássemos ao tempo dos nossos avós.

A história começou assim, em fevereiro, o Ministério da Justiça baixou uma portaria estabelecendo os horários em que determinados programas poderiam ir ao ar. Nesse caso, tudo que fosse considerado impróprio para menores de 12 anos só poderia ir ao ar depois das 20 horas, o que fosse liberado apenas para maiores de 14 às 21 e assim sucessivamente. Até aí tudo bem, porém, pelas novas regras, as televisões teriam que obedecer aos fusos horários do país. E foi quando começou o problema.

Para respeitar a lei e os fusos horários do país, as emissoras basicamente tiveram de eliminar a programação ao vivo. Com isso, a população do Acre, Amazonas e outros estados, que já vivem em posição de quase isolamento, ficam só um pouco mais atrasados. Como se não tivéssemos problemas suficientes.

A justificativa do MJ é que é necessário preservar as crianças, tudo bem que ninguém precisa assistir o “Cine Privê” às duas da tarde, mas por acaso essas crianças que o Ministério quer proteger não têm pais? Será que esses pais iriam deixar os filhos serem expostos a mais violência e sexo do que eles já vêem no mundo real? Os Juízes não possuem TV com controle remoto?
O pior é que as crianças acabam sendo usadas como escudo por juízes que ao invés de tentarem diminuir a morosidade da Justiça tentam assumir o papel de educadores; por políticos buscando um novo fato que abafe os escândalos em que se metem; e principalmente por pais negligentes e acomodados que esperam que o Governo vire a SuperNanny e eduque seus filhos por eles.

Por Yuri Marcel, acadêmico Jornalismo Ufac - Blog: "O nexo e eu".

* Clique no título da matéria e leia mais.

Shows nacionais no Acre

Hamilton Brito, promotor de eventos em Rio Branco, anunciou para este humilde blogueiro as próximas atrações nacionais, que vão pisar em solo acreano, ainda este ano.

O mapinguari folia, carnaval fora de época está agendado para os dias 17 e 18 de Maio e será promovido no estacionamento da Arena da Floresta.

No sábado atrações com a banda bahiana, Cinco Por Cento.

Um trio elétrico será montado para aquecer ainda mais o público.

Brito, fechou contrato com a banda também bahiana, "Asa de Águia", que se apresenta no domingo, fechando o carnaval.

De acordo com o organizador, o vocalista da banda, Durval Lerlys, vai fazer a capital do estado ferver.

Outra atração que deve marcar a passagem de bandas de sertanejo pelo Acre, se apresentará no dia 03 de julho em local ainda não definido.

Victor e Léo, são os irmãos mineiros que já venderam mais de 2 milhões de cópias somente no terceiro CD de carreira, desde 2005 quando fizeram sua primeira gravação.

Com dvd, "Victor & Léo em Uberlândia", eles já conseguiram colocar mais de 50 mil pessoas em um único show.
Em Rio Branco a dupla, tem uma centena de fãs, que prometem não perder o espetáculo.

As atrações não param por aí. Brito, afirma que pretende movimentar o cenário musical trazendo para Rio Branco, ainda este ano Chiclete com Banana e Capital Inicial, novamente.

Deu no observatório da Imprensa

(...) O Brasil celebra em 2008 os trinta anos da Constituição de 1988, fundamental para a reconstrução do Estado de Direito, da qual a imprensa tirou grandes benefícios. Também são lembrados os vinte anos do assassinato do ambientalista Chico Mendes, líder dos seringalistas do Acre. A imprensa cobriu bem o desenvolvimento da Constituinte, mas ignorou a luta de Chico Mendes praticamente até o dia da sua morte, mesmo depois que ele já havia se tornado uma figura reconhecida internacionalmente, com o prêmio Global 500 da ONU. A exceção era o jornal alternativo Varadouro, mantido de 1977 a 1981 pelos jornalistas Elson Martins e Sílvio Martinello, com risco constante de perder suas próprias vidas.

Durante todos os anos da luta dos seringueiros, até 2008, a imprensa regional da Amazônia apoiou incondicionalmente os fazendeiros que, com financiamento oficial e suporte do Estado, empurravam as fronteiras da agropecuária para dentro da floresta, tornando impossível a vida dos seringueiros. Dezenas de coletadores de castanhas e de látex foram mortos por pistoleiros, sob o silêncio omisso e cúmplice da imprensa nacional, até o dia 22 de dezembro de 1988, quando Chico Mendes tombou, baleado por um criador de gado. A imprensa brasileira só enxergou o drama dos seringueiros depois que o New York Times publicou em primeira página uma reportagem sobre o drama que se desenrolava nas florestas da Amazônia Ocidental.

Na semana que passou, a revista Veja voltou a se interessar por Chico Mendes. Mas não necessariamente para relembrar sua luta e atualizar seus leitores sobre a luta pela preservação da maior reserva de biodiversidade do planeta. O que chamou a atenção de Veja foi o cheiro de sangue: a viúva de Chico Mendes, Ilzamar, concedeu entrevista ao blog do jornalista acreano Altino Machado, na quarta-feira (2/4), na qual desfiou um rosário de queixas contra o governo petista do Acre, a quem acusa de não respeitar o legado do líder ambientalista. Jornalistas de Veja passaram os últimos dias tentando falar com ela, para dar amplitude nacional ao seu descontentamento.

Ilzamar Mendes tem suas razões para se queixar do uso político da memória de seu marido, embora nunca tenha se destacado como militante de frente antes do assassinato. Mas ela ajudou a ampliar o alcance da mensagem dos seringueiros, com apoio dos filhos de Chico Mendes, e seus alertas sobre as perdas das reservas de seringueiras pelo avanço das pastagens precisam ser ouvidas. No entanto, a imprensa deveria estar atenta ao que se passou no Acre nos últimos quinze anos, com as lideranças nascidas no movimento ambientalista que produziram uma inegável renovação na política local, que afastou do poder os coronéis que oprimiam os seringueiros com o gatilho dos jagunços.

Por Luciano Martins Costa.
RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL - Para não fazer o negócio da China

* Clique no título da matéria e leia mais.

terça-feira, 8 de abril de 2008

Petecão para prefeito

Essa é demais e inédita na história política do Acre. O diretório regional do PP fez um levantamento em todos os cemitérios de Rio Branco para contabilizar os óbitos ocorridos entre 2005 e janeiro de 2008.

O resultado foi apresentado ao Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE), que recebeu cópias de quase 3.000 certidões de óbitos para confrontação das informações constantes do cadastro eleitoral.Não foi difícil realizar o levantamento.

Os cemitérios são administrados pela prefeitura, que tem interesse na história.Oficialmente, o partido do vice-governador, César Messias, alega que a Justiça Eleitoral busca incessantemente o aperfeiçoamento do processo eleitoral com o objetivo de que, cada vez mais, se alcance um grau maior de lisura e confiabilidade no resultado final de cada pleito.

Os progressistas afirmaram, também, que as cortes eleitorais do Brasil vêm adotando procedimentos relativos ao recadastramento de eleitores de forma a impossibilitar que haja fraude no processo de votação.São até interessantes os argumentos do pessoal do PP, mas está claro que não há preocupação em evitar fraudes.

O PP foi apenas o porta-voz dos demais partidos da FPA, que não querem nem pensar numa eleição em dois turnos em Rio Branco.Isso está parecendo demonstração de medo. E, convenhamos, com a força política que tem a FPA não pode se dar ao luxo de ter medo de alma.É sabido que a Justiça Eleitoral acreana trabalha com o horizonte de uma eleição de dois turnos em Rio Branco.

Para que isso aconteça, é necessário que haja 200 mil eleitores ou mais na capital. E esse número está próximo.Ao desencavar mortos, o PP tentar, escancaradamente, dar uma mãozinha para o prefeito Raimundo Angelim (PT) e tirar os seus adversários do páreo, principalmente o deputado federal Sérgio Petecão (PMN).

É feio querer ganhar no tapetão.Em tempo: o PP é a ex-Arena, partido que elegeu Jorge Kalume senador em 1978 utilizando votos de uma urna com eleitores fantasmas. Os mais antigos lembram da famosa urna do Xerém.

Do blog do Leonildo Rosas

domingo, 6 de abril de 2008

Calamidade pública em Tarauacá



O município de Tarauacá, banhado pelo rio de mesmo nome e Feijó, às margens do rio Envira, são os maiores da região.

Ambos estão localizados ao longo da rodovia BR-364, na região Norte do Acre.

Com uma população de quase 33 mil habitantes de acordo com o Ibge, a cidade tem uma variação de crescimento anual de 35,65%.

A cidade foi invadida pelas águas do rio Tarauacá, população ribeirinha precisa de ajuda dos governos, que os gestores nessa hora, esqueçam as diferenças.

Que a justiça cumpra seu dever também punindo os larápios gestores com fervor.

sábado, 5 de abril de 2008

Raio "x" do jornalismo em Rio Branco

Pesquisa realizada em 28 bairros da capital, com mais de 50 pessoas com idades entre 18 e 58 anos, comprovou que os veículos de comunicação mais utilizados pela população são a tv (42%), rádio (14%) e internet (12%).

Para os entrevistados a imprensa consegue resolver 98% dos problemas da comunidade.

64% das pessoas disseram que já fizeram uma denúncia para uma equipe de reportagem.

78% dos entrevistados disseram que confiam "em parte" nos veículos de comunicação local.
22% afirmaram confiar.

Sobre a avaliação dos programas jornalísticos de Rio Branco, 86% consideram bons, 10% ótimos e 4% ruins.

38% das pessoas ouvidas no fim do ano passado e início de 2008, noventa dias; ganham de 1 a 3 salários mínimos.

* O material elaborado pela radiojornalista, Jacira Abdon, traça um perfil do jornalismo na capital, passeando pelo influência dos meios de comunicação na rotina e na qualidade de vida das pessoas.

Nesse raio "x" Jacira, pesquisou o jornalismo comunitário em Rio Branco, nos últimos dois anos, para fazer sua monografia, requisito obrigatório para concluir o curso de comunicação social com habilitação em jornalismo.

O material foi finalizado com um curta metragem, audiovisual em dvd.

O documentário tem depoimentos de profissionais que atuam no rádio e na tv no jornalismo comunitário, entre eles Washigton Aquino( tv5 noticias, programa gente em debate Rádio Difusora Acreana) e Edvaldo Souza ( Gazeta Alerta - Tv Gazeta afiliada Tv Record).

Tudo a disposição dos curiosos no Instituto de Ensino Superior do Acre - Iesacre.

Estágio escravo

Os estagiários são mão-de-obra barata, as empresas exploram e escravizam.

Os acadêmicos de jornalismo não ficam nas redações, fazem agora todo trabalho dos profissionais, vão as ruas em busca das notícias.

Os futuros administradores sofrem mais: varrem chão, limpam banheiros fora do expediente de trabalho, não tem folgas e ainda são obrigados a repor as horas que faltarem.

É o assédio moral (a exposição dos trabalhadores e trabalhadoras a situações humilhantes e constrangedoras, repetitivas e prolongadas durante a jornada de trabalho e no exercício de suas funções)
.

Por ser algo privado, nem sempre a vítima consegue na justiça provar o que sofreu, principalmente porque tem dificuldade de conseguir testemunhas, porque estas preferem se calar a colocar o emprego em risco.

Tem ainda o assédio sexual, esse as vítimas sofrem mais.

É um tipo de coerção de caráter sexual praticada por uma pessoa em posição hierárquica superior em relação a um subordinado, normalmente em local de trabalho ou ambiente acadêmico.

O assédio sexual caracteriza-se por alguma ameaça, insinuação de ameaça ou hostilidade contra o subordinado, com fundamento em discriminação ou tratamento diferenciado de sexo.


As vítimas negam fazer denúncia para manter o emprego.
A omissão pode influenciar em promoções na carreira do assediado, dizem os agressores.


Porém prejudica o rendimento profissional, humilha, insulta e intimidar a vítima.
Não é degradante, mas é escravo.

A Delegacia Regional do Trabalho, peca por não fiscalizar empresas e instituições que contratam e oferecem estágios.

Dica de blog


Para quem gosta de ver o outro lado das coisas, uma dica é passar pelo blog do Deputado Estadual, Luiz Calixto.

Talvez o presidente da Assembléia Legislativa, Edvaldo Magalhães, não tivesse percebido a arma que estava entregando para os parlamentares da oposição ao criar os blogs individuais.

É o exercício da democracia! Clique no título da matéria e veja.

Mais problemas sociais e dinheiro para os governos

terça-feira, 1 de abril de 2008

Um petista homofóbico?

Leia mais no site: http://www.ac24horas.com/site/content/view/123/30/

Comentários sobre Chico Mendes e o Pt

Nome: maria helena rubinato rodrigues de sousa - 1/4/2008 - 19:36.
Essa senhora que se cuide. Fiquei preocupada com ela. O mal ficou mais forte ainda, dona Ilzamar. Cuidado!

Nome: Namair Ferreira Lima - 1/4/2008 - 18:54.
Bem, não é axatamente o que a população do Acre acredita. O PT já está no terceiro mandato do governo daquele Estado e, segundo projeções, fará de 75% a 85% dos prefeitos do Acre. Tião Viana (PT) foi reeleito a menos de 1 ano e meio ao senado com quase 90% dos votos. Sou conta a unanimidade, mas no Acre, pelo andar da carruagem, o PT está caminhando neste rumo.Enfim, convenhamos, a um descontexto entre o que a viùva de Chico diz e o que a maioria esmagodora da população diz.

Apelido: DONZELLI - 1/4/2008 - 17:46
É Dona Ilzamar,tem jeito não.A esquerda só se une na cadeia.Quem diria,no lugar do Chico tem o Sibá,os irmãos Vianas e a Ministra Marina que continua com aquele discurso de ambientalista incompriendida.Do discurso do palanque até os fatos reais há uma distância enorme e os sonhadores não costumam percorrer este trajeto pois mudam de posição e de palanque.

Apelido: Iprainha - 1/4/2008 - 17:10.
Cana! Taí uma coisa que o PT entende!

Apelido: Marcia1907 - 1/4/2008 - 17:08.
se o pt não respeito a sua própria história, pq respeitaria o legado de chico mendes?

Nome: Carlos da Costa Eufrásio - Email - 1/4/2008 - 17:02.
Sinceramente, quem conheceu o modo de agir e pensar, certamente, concorda em gênero, número e gráu, com o que diz a ex-mulher, companheira do saudoso CHICO MENDES. Particularmente, não o conheci, porém, respeitava-o e muito, por ter sido ele, o homem que foi. Também não posso afirmar, se, tivesse ele, optado pelo PV, estaria o mesmo, satisfeito com este. Mas, de uma coisa devemos ter certeza: Foi um homem, que não se curvou às tentações tantas, inclusive, do poder. Peitava à todos. De traficantes, à madeireiros. Sua atenção, cuidados tantos com a preservação das matas, acredito, que um outro, teve cuidado igual, o grande cientista, também falecido, aquele que falava com os beija-flor, cuja foto deste, chegou à ser estampa de algumas de nossas cédulas, hoje, sem valor nenhum. A senhora ministra, MARINA SILVA, que fora ela, aluna aplicada dele, do CHICO MENDES, não herdou deste, nada. O CHICO MENDES, foi autêntico, corajoso, homem que se deixava ser respeitado, pois, fora ele, o guardião de nossas matas.

Apelido: DomPixote - 1/4/2008 - 15:46.
Quais eram os ideais de Chico Mendes mesmo??? Acho que nem ele saberia dizer hoje em dia... Este governo é composto das tais “forças progressistas” (PT e PCdoB)e “correntes que compõem a base de sustentação” que apoiam o governo: PMDB, PTB, PP, PR, PSB, PDT, etc uma fauna que inclui a família Sarney, Gedel, Cabral, Paulinho da Força e Paulo Maluf. Uma gosma que abocanha cargos e verbas públicas e que governa junto com o PT, mas sob as rédeas do PT. Seria hoje Aécio Neves uma “força progressista”, da “base de sustentação” ou do “setor conservador”. Ao que parece que tanto faz isso desde que o sujeito se deixe liderar pelo PT, ou seja entra no ônibus mas não dirige. Segundo essa lógica petista, Maluf, certamente, é mais “progressista” do que José Serra. O que o presidente quer agora é aglutinar os oportunistas da hora da base aliada para ganhar eleições e, no governo executar os programas sociais do tipo Bolsa Família, Primeiro Emprego, Fome Zero, etc, etc. ou quem sabe executar o sonhado queremismo!!!!

Apelido: -Lilyanne- - 1/4/2008 - 15:41.
Massacre de centenas de jacarés é descoberto na Amazônia Folha online:"Autoridades brasileiras descobriram a matança de cerca de 740 jacarés em uma reserva natural na floresta Amazônica, disse uma autoridade do país na terça-feira.A carne seria vendida para consumo humano no Pará, disse ela. Agora, provavelmente será incinerada.A pele, a parte mais valiosa do corpo do animal, foi abandonada nos rios, disse um porta-voz da Ipaam".É isso aí. O melhor do Brasil....é quem mesmo?

Apelido: Verdureiro - 1/4/2008 - 15:31.
Pegando leve por recomendação do moderador, a quem agradeço pela reabilitação informo que:Campinas SP, tinha praça centenária cuja denominação homenageava o seu mais ilustre compositor musical reconhecido mundialmente; logo após o condenável assassinato do "empateiro" a praça tem o seu nome.Na minha cidade várias praças e edifícios públicos tem sua toponímia. Podem me chamar de desequilibrado, mas não acho justa a homenagem.

Nome: Bertoldo Klinger - 1/4/2008 - 14:55.
Pois pode ir lá no site da ALESP, procure por Comissões/ CPIS... Só não coloco o link porque é proibido!Agora e sobre a CPMI dos 3 macaquinhos??? Lembra tem aquele que não vê, aquele que não escuta e aquele que não fala...Fico curioso sobre quais foram os argumentos apresentados pela bancada governista para não permitir o acesso da comissão aos gastos da Presidência da República... Será que foi Segurança Nacional ou medo de vazamento???

* Comentários extraído do blog do Noblat da postagem sobre os ideais de Chico Mendes, escrita por Altino Machado e republicada pelo próprio Noblat.

Deu no blog do Noblat

Ideais de Chico Mendes enterrados com ele.

Em dezembro fará 20 anos da morte do líder sindical e ecologista Chico Mendes. O governo do Acre e o Comitê Chico Mendes preparam os balões em comemoração a essa triste data. Viúva do líder sindical, Ilzamar Mendes não resguarda seu ressentimento com o uso meramente político da imagem de seu antigo companheiro. Os ideais de solidariedade e justiça social pregados por Chico, diz ela, foram enterrados com ele.

Em entrevista ao blog do Altino, Ilzamar mira suas criticas na ministra Marina Silva (Meio-Ambiente), no ex-governador do Acre Jorge Viana e no atual governador Binho Marques. E revela: "Chico, se fosse vivo, não estaria no PT".
Seguem alguns trechos:

Chico Mendes vive?
- Eu acredito que quando é pra usar a imagem do Chico, ele vive. Os ideais verdadeiros do Chico ainda existem nos corações e nas mentes das pessoas, dos seus verdadeiros companheiros, mas, infelizmente, hoje eles não têm voz nem vez na política estadual ou federal.

A ministra Marina Silva, o ex-governador Jorge Viana e o atual governador Binho Marques. A conquista do poder não significou avanços?
- Tenho que falar, e não estou falando só por mim, mas dos companheiros do Chico com os quais ainda tenho contato. Infelizmente, essas pessoas, que conviveram lado a lado com o Chico, que eram sabedoras dos seus ideais, da sua luta, infelizmente mudaram seus pensamentos. Hoje, o que é importante para essas pessoas é o poder e não os ideais do Chico. Fazem qualquer coisa para se manter no poder. Companheiros que realmente estavam lado a lado com o Chico não têm voz para dizer para estas pessoas o que eles necessitam. Hoje o que se vê são pessoas dentro de seus gabinetes, no ar-condicionado, fazendo o que bem entendem, mas não vão ouvir o que a população carente necessita.

O que você considera um erro do Chico Mendes?
- Ter confiado em algumas pessoas. O Chico confiou em algumas pessoas e infelizmente ele morreu. Pessoas que o traíram e que na época já tinham a intenção de trair.

E como o PT se comporta em relação a isso?
- Eu vou falar do Chico político. O Chico, se fosse vivo, não estaria no PT. Dias antes do assassinato, fui comunicada de que ele estaria pedindo a desfiliação do PT e iria se filiar no PV. Ele não estaria no PT hoje.

Leia mais: http://altino.blogspot.com/

Dois casos de dengue hemorrágica em 2008 no Acre

No ano passado, 1.016, pessoas sentiram os sintomas da doença e procuraram a rede básica de saúde.
Mais a dengue, continua em evidência no estado e assustando a população.
De janeiro até o dia 23 de março deste ano, já foram registrados 890 casos de pessoas com sintomas de dengue no serviço público de saúde do Acre.
75 casos foram confirmados, desse número, 60 eram da capital.
Depois de Rio Branco, Epitaciolândia, com 4 casos, é a cidade com maior infestação da doença.
Mas apesar da situação, a Diretora do Departamento de Vigilância em Saúde do Estado, Marise Lucena, já comemora uma redução de 68%, em relação ao ano passado.
"Temos intensificado as ações de vigilância e orientação da populaçã0 com burrifação espacial e eliminação dos criadouros". Disse a coordenadora.
O Dabs, fez um levantaento dos bairros considerados áreas de risco da doença, onde existe grande possibilidade de o mosquito fazer novas vítimas.
Os bairros são: Adalberto Sena. Base, Nova Estação, Estação Experimental, Invernada, Conquista, Seis de Agosto, Santa Terezinha, Bosque, Placas e Tancredo Neves.
Nós últimos quatro anos duas pessoas morreram no Acre com dengue hemorrágica.
As mortes ocorreram em 2004 e 2006.
Em março deste ano foi detectado mais um caso.
Uma mulher de 38 anos, servidora da Secretária Estadual de Saúde, moradora do bairro Bosque, área central da cidade, ficou várias dias internada, mas a doença não evoluiu.
Na tarde da última segunda feira, (01/04/08), foi confirmado um outro caso, no Pronto Socorro de Rio Branco.
O paciente, Cristian Will, está internado no leito 28 da observação 01 do Ps.
O paciente mora no Conjunto Manoel Julião, situado no bairro Estação Experimental, área considerada de risco pelo serviço de saúde.
Cristian, está internado há mais de uma semana, hoje ele confirmou por telefone o diagnóstico de dengue hemorrágica. O quadro clínico do paciente é estável, segundo a direção da unidade de saúde.

Cia de selva comunista

Plenária Municipal do Pc do B, "pra dar certo, tem que ser Ousado".
Na foto o jornalista e proprietário da Cia de Selva, maior empresa de publicidade e marketing político que detém toda a fatia da conta de mídia do governo da floresta.
Gilberto Braga palestrou sobre os rumos da campanha política da frente popular para 2008.
Braga, também é um apaixonado pelos ideais de Che Guevara, veja na camisa dele.

Foto - blog do Edvaldo Magalhães.